CHAT


Quinta-feira, 18 de Junho de 2009

Alguns ajuste para a tua Bike

Altura, recuo e inclinação do selim

 

ALTURA DE ENTRE-PERNAS

A medida mais importante do ciclista é a ALTURA DE ENTRE-PERNAS (inseam length ou crotch to floor distance). Para a determinar, o ciclista deve estar encostado a uma parede, com calções (lycra) e sapatos de ciclismo (ou BTT - cross-country), e os pés afastados 15 a 17,5 cm. Encostar um esquadro ou um livro às virilhas do ciclista e à parede. Permitir que saia da posição de medição, mas sem deslocar o esquadro ou o livro da parede. Medir, na vertical, a distância (em centímetros) entre o topo do livro (ou do esquadro) e o chão.

 

 Altura do selim 

  

A ALTURA DO SELIM, medida ao longo do tubo do selim, entre o centro do eixo do movimento pedaleiro e a parte superior do selim, é determinante na optimização da aplicação da máxima força do ciclista, com um desgaste físico mínimo, durante o gesto técnico de pedalar. Para um ciclista, a altura óptima do selim é calculada através da seguinte equação (Método de Greg LeMond), que deve ser aplicada para ajustar quer bikes de estrada, quer de BTT - cross-country:

 

Altura do selim (cm) = altura de entre-pernas (cm) X 0,883

           

   Quando o ciclista tem duas ou mais bikes, por exemplo de estrada e BTT - cross-country, é muito importante que a altura do selim seja sempre rigorosamente idêntica, já que o treino sistemático e continuado origina um acentuado condicionamento da activação muscular. Ajustamentos da altura do selim devem ser feitos de forma gradual, evitando modificações, em cada duas semanas, superiores a 1 cm.

 

RECUO DO SELIM

   O RECUO DO SELIM é outro ajustamento fundamental, tendo em vista a optimização da bike para o ciclista e para a máxima eficiência do seu gesto técnico de pedalar. O objectivo, como ponto de partida, é posicionar, na vertical, a rótula do joelho sobre o eixo do pedal, quando os cranks se encontram em posição neutra (na horizontal). Esta posição surge, por vezes, referida como a posição KOPS (knee over pedal spindle). O posicionamento do selim deve ser feito gradualmente, avançando-o ou recuando-o sobre o espigão, e simultaneamente deve ser verificada a conveniência em se proceder a novas correcções na altura do selim. A bike tem necessariamente de estar sobre uma superfície horizontal e o ciclista deve calçar os seus sapatos de treino e/ou competição, em estrada ou BTT - cross-country.

   Um ajustamento do selim em que este se posiciona 1 a 6 cm atrás da posição neutra (recuado) proporciona melhor tracção, quando o ciclista sobe sentado, e é adequado para ciclistas que optam por cadências de pedalada mais lentas, com maior aplicação de força. Por oposição, um ajustamento avançado 1 a 2 cm em relação à posição neutra é adequado para ciclistas com cadência de pedalada elevada. Este ajustamento pode também ser recomendado para ciclistas que tenham tendência para sofrer de dores lombares (low back pain).

   Na bike de estrada é recomendável ajustar o selim na HORIZONTAL, tarefa que pode ser executada com o auxílio de um nível de bolha de ar (Foto). Na bike de BTT - cross-country, no entanto, o nariz do selim deve estar a descair ligeiramente para a frente, ou seja, formando um ângulo de 1 a 2º. Uma inclinação superior poderá fazer com que o ciclista esteja permanentemente com tendência para escorregar para a frente, obrigando-o a um esforço suplementar tanto dos membros inferiores como dos superiores, para manter o corpo devidamente posicionado sobre a bike.

 


publicado por Bonga às 00:15
link do post | comentar | favorito

HORAS CERTAS

Fevereiro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28


ONLINE

online

VISITANTES

contador de acesso

Ultimos Posts

AMANHÃ BTT 08H00

AMANHÃ ESTRADA 08H00

COLHEITA DE SANGUE

TROIA-SAGRES 2012

TransArrabida

ÉPICO

Os Vadios do Btt

Os Vadios do Asfalto

Os Duros do BTT

Douro Bike Race 2012

blogs SAPO

Comentar já podes mas se queres colocar os teus posts

CLICA AQUI

ARQUIVOS

PESQUIZAR

 

ALBUM

O Tempo